Welcome!

Olá! Sejam todos bem-vindos ao meu espaço literário. Aqui você encontrará a maior parte de minhas obras.
Fiquem à vontade, para ler, comentar, divulgar, etc.
Um forte abraço!

"Poesias d'alma e do coração, que só pela alma e pelo coração devem ser julgadas." (Gonçalves de Magalhães)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

A Árvore que Chora



O ar aqui é pesado
Mas ainda posso te ouvir...
Por dentro os sons de quem implora
A espera do socorro
Diante da árvore que chora.

Os cantos chorados
Entoados à árvore sombria
De misterios ocultos
Sentado a apreciar
Ao lado da vida que ama
Sob a árvore que chora.

Funéreos beijos se fazem
Ao serem neste lugar
A minha vida na tua,
A minha dor ao te amar.

As sombras que à envolvem
Um dia ja voaram
As lágrimas que caem
Um dia já choraram
E hoje chora por alguém
Que nunca a amou.

Entrelaçada no céu
Balança sem poder sorrir
Presa na escuridão do bosque
Sem poder partir.

Presa ao desespero de jamais viver
Somente chora
Triste a solidão que a retêm
A amo sem ter hora
Vivo e amo o amor escondido
Em baixo das lágrimas...
Da Árvore que Chora.

Daniel Martins e Cátia Corrêa

Um comentário:

  1. ntu bom hein?;) quase choro tbm quando leio este poema ....:x

    ResponderExcluir